Seja Bem vindo!
Cultura

ASLE realiza jantar de posse de quatro escritores Santo-angelenses

10 de julho de 2019
Curta e Compatilhe

Será na próxima sexta-feira, 12 de julho, a sessão solene de posse dos novos membros da Academia Santo-angelense de Letras – ASLE, indicados por assembleia geral da entidade. A posse acontece em cerimônia especial no GDF Os Farroupilhas, seguida de jantar e lançamento da Revista Talento, edição especial que vai premiar os melhores trabalhos das escolas participantes do concurso Produções Literárias.

Na oportunidade também haverá show especial com Fábio de Oliveira.

O presidente da ASLE, Otávio Reichert, destaca que esse é um momento único, de valorização da arte e, principalmente, da literatura, quando a entidade eleva quatro escritores locais a categoria de membro efetivo, recebendo o que há de mais especial no universo literário local, que são os nossos talentos.

Acompanhe um pouco sobre os eleitos:

 

LUCIANO FREITAS


Um filho de Santo Ângelo, formado em Ciências Contábeis. Funcionário público e, também, ativista Cultural, ex-patrão do CTG Tio Bilia, atuou na coordenação cultural do CTG. Poeta, ator e compositor destacou-se em eventos como o Recanto do Sabiá. Frequentador assíduo do acampamento da poesia, escreve versos desde a juventude. Locutor do programa Hora do Mate, da Rádio Com FM. Cadeira número 20. Patrono João Simões Lopes Neto.

LEANDRO FIGUEIREDO


Leandro Figueiredo é santo-angelense. Casado com Vera e pai de Leandra. Graduado em Letras Português e Espanhol e respectivas Literaturas. Atua como professor de Língua Portuguesa, Língua Espanhola e Literatura, no Instituto Odão Felippe Pippi e Língua Espanhola na Escola da URI. Colunista do jornal A Tribuna, participa do Acampamento da Poesia e do no livro “Afluências”. Cadeira número 11. Patrono: Josué Guimarães.

WALDEMAR MENCHIK JR


Natural de Guarani das Missões, reside em Santo Ângelo. Casado com Maria Cinara sanches e pai de Vitor Hugo e Luis Henrique. Formado em Ciências Jurídicas e Sociais, foi vereador e advogado, e atualmente é defensor público. Escreve desde a juventude. Autor do livro de poesias e crônicas “Das Frestas das Labaredas”, lançado em 2016. Waldemar Menchik Junior ocupara a cadeira número 21, tendo como patrono Aureliano de Figueiredo Pinto.

LUÍZ CARLOS DALLA CORTE


Luís Carlos Dalla Corte reside em Santo Ângelo. Casado, tem cinco filhos e dois netos. Servidor Público da Justiça Federal. Escreve desde a juventude, e é autor das obras: Vince – Tudo o que Aconteceu Comigo, premiado em Concurso Nacional promovido pela Academia Brasileira de Letras. Ainda, Vitória dos Anjos, e Pedras Brancas – A Saga de Ramon Franccescatto, em fase de conclusão. Assume a cadeira número 23 tendo como patrono Castro Alves.

Deixe uma resposta