Seja Bem vindo!
Saúde

Confirmado primeiro caso de gripe A H1NH em 2019 em Três de Maio

31 de agosto de 2019
Curta e Compatilhe
O Rio Grande do Sul contabiliza 38 vítimas por conta da gripe neste ano. Os dados foram divulgados, quarta-feira (28), pela Secretaria Estadual da Saúde. Das cinco vítimas recentes da Influenza, apenas uma participou da campanha de vacinação deste ano.
Entre as últimas mortes está a de uma mulher de 49 anos, moradora de Giruá. Ela não estava vacinada, mesmo com doença hematológica crônica e imunodeficiência. Mesmo caso de um homem de 55 anos, residente em Porto Alegre, que não se vacinou mesmo com histórico de doença renal, cardiovascular e diabetes.
A única que se vacinou contra a gripe foi uma idosa de 87 anos, moradora de Caçapava do Sul. Com histórico de pneumopatia, ela morreu em decorrência do vírus H1N1.
As outras duas mortes são de um homem de 49 anos, morador de Garibaldi, que estava em tratamento de tuberculose; e de um idoso de 74 anos, residente em Não-me-Toque, que sofria de pneumopatia e Alzheimer.
Até agora, a SES recebeu 2.445 casos notificados de síndrome respiratória aguda, sendo que 283 deram positivo para gripe A. Destes, 38 levaram a óbito. Do total de mortes, 28 foram causadas pelo vírus H1N1, sete por H3N2, um por Influenza A não subtipada e dois por Influenza B.

Fonte: Rádio Colonial

Deixe uma resposta