Seja Bem vindo!
Evento

Defesa Civil e Habitação auxiliam pessoas que tiveram casas atingidas pelo temporal

17 de setembro de 2020
Curta e Compatilhe

Lonas foram distribuídas de forma emergencial e telhas de amianto estão sendo entregues para recomposição dos telhados

Por volta das 9 horas, uma ventania muito forte, causando estragos, com casas destelhadas, árvores e postes caídos na manhã de quarta-feira (16) em Santo Ângelo. No Aeroporto Regional de Santo Ângelo, o administrador Mário Assis, confirmou que o vento atingiu 97 quilômetros por hora na manhã de quarta.

O diretor da Defesa Civil de Santo Ângelo e secretário municipal de Habitação, Adelar Cavalheiro, afirma que tão logo foram registradas as quedas de árvores e destelhamentos, foi iniciado trabalho conjunto com o Corpo de Bombeiros e as secretarias municipais de Meio Ambiente e Obras.

Ele destaca ainda que foi disponibilizada lona para as famílias cujas casas tiveram telhados atingidos. O material foi retirado no Corpo de Bombeiros. “Também estamos realizando o cadastro das pessoas atingidas e iniciamos as providências para a entrega das telhas de amianto para a recuperação dos telhados dessas residências”.

Segundo Cavalheiro, foram atingidos 45 imóveis e estabelecimentos comerciais, nos bairros Vera Cruz, João Goulart, Haller, Pilau e Santa Fé. No centro da cidade foram registradas quedas de árvores. No interior, nas localidades de Rincão dos Meotti e Barra São João também ocorreram prejuízos.

Texto: Hogue Dorneles

Fotos: Defesa Civil

Deixe uma resposta