Seja Bem vindo!
Mamães na Web

Esta é a melhor resposta que você pode dar a quem diz que colo vai “estragar o bebê”

18 de fevereiro de 2019
Curta e Compatilhe

“Você está dando muito colo para o seu filho, ele vai ficar mal acostumado!”. Quase toda mãe ou pai já deve ter ouvido essa frase em algum momento da vida. E sempre fica aquela pulga atrás da orelha: “Será que estou mimando demais o bebê”?

Nos primeiros meses, tanto os pais quanto a própria criança tendem a ficar inseguros com a nova realidade. E é por isso mesmo que, nesta fase, o colo nunca é demais. Mais do que fortalecer os laços de afeto, dar colo para um recém-nascido é fundamental para ajudá-lo a se acostumar com um mundo estranho, bem diferente da barriga da mãe.

Exterogestação: fase do colo

Existe até mesmo uma teoria segundo a qual a gestação se estende por mais um trimestre após o parto. A nutricionista materno-infantil Andreia Friques explica que, durante os primeiros três meses de vida, o bebê ainda estaria em exterogestação.

O termo serve para definir o período da lenta transição do bebê para a vida extra-uterina. Ao perder a proteção natural da mãe, ele se sente confuso e inseguro. Daí vem a necessidade do colo nos primeiros meses do pequeno.

Não é por “manha” que, ao pegar no colo, os bebês param de chorar na hora – o cheiro, a respiração e os batimentos cardíacos da mãe trazem lembranças do útero e fazem com que eles tenham a sensação imediata de conforto e proteção.

“O colo é um grande aliado nessa fase! Através desse contato próximo da mãe com o filho, existe a troca de amor, de calor e da sensação de segurança que são tão importantes para o bebezinho se adequar aos pouquinhos à uma nova realidade”, afirma a especialista em post no Instagram.

Colo ajuda mais que estraga

Portanto, quando alguém disser que o colo vai “estragar” o bebê, saiba que é exatamente o contrário: na verdade, você está ajudando o recém-nascido a se adaptar a um novo mundo. É a melhor maneira de transmitir segurança, ajudar a aliviar seus incômodos, cessar o choro e, acima de tudo, demonstrar amor.

Além de fazer bem para o bebê, o colo também é importante para os pais: pode ter certeza de que você vai sentir saudade de quando o pequeno ficava quieto nos seus braços.

Em pouco tempo, ele não vai mais querer ficar no colo, pois esta é uma necessidade que diminui naturalmente com o tempo. Aí, quem vai chorar por um colinho vai ser você!

Fonte:VIX

  •  
    22
    Shares
  • 22
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta