Seja Bem vindo!
Tecnologia

FASA inova com 1º Summaê das Engenharias

5 de novembro de 2019
Curta e Compatilhe

Evento faz parte das metodologias ativas de ensino aplicadas na faculdade

Quando o assunto é ensinar de uma maneira diferente, que coloque o estudante como protagonista, a Faculdade Santo Ângelo (FASA) não poupa esforços e dedicação. Foi o que fez a professora de matemática dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Ambiental Sanitária, Ms. Carla Maso Rodrigues Pires, ao trazer para a faculdade uma edição do Summaê. A metodologia ativa de ensino foi criada na Universidade de Brasília (UnB), pelo professor Dr. Ricardo Fragelli, em 2012. Desde então, é realizado periodicamente na instituição pública de ensino e em diversas outras. A FASA entrou para essa comunidade com a atividade realizada em setembro.

Conforme explica Carla, o Summaê é um encontro de pessoas que se reúnem para estudar sobre um mesmo assunto, de forma descontraída, por isso o uso de vídeos com desafios-problemas (geralmente cálculos) e chapéus criativos (para descontrair, havendo a escolha do melhor chapéu ao final da atividade). De acordo com a docente, a metodologia vem ao encontro da proposta da FASA que é ensinar com inovação e criatividade, unindo teoria e prática desde o início dos cursos. “Conseguimos mostrar que é possível sair dos conteúdos ‘gavetinhas’ de sala de aula, com uma infinidade de exercícios, de um conteúdo difícil como o cálculo, onde a maioria dos alunos não conseguem entender ou fazer a metade, mesmo tendo gabarito com respostas”, comenta a professora.

O 1º Summaê das Engenharias da FASA contou com mais de 70 acadêmicos participantes, incluindo parte da turma de Pedagogia, convidada a participar organizando o evento e uma apresentação especial para o início da atividade pedagógica. No total, foram 17 vídeos inscritos, produzidos pelos estudantes, e o vídeo do desafio final, produzido pela professora Carla e equipe de Inovação da FASA. Para resolver, as equipes precisaram recorrer a conhecimentos adquiridos nas disciplina de Cálculo 2 e Cálculo 1, tais como Integrais Definidas e Indefinidas e por Substituição; Funções de Várias Variáveis; Limites, Derivadas e Funções de 1º grau. No entanto, mais do que colocar à prova os aprendizados técnicos e científicos, foi preciso também inteligência emocional durante o Summaê, como ressalta Carla.

“Nossos estudantes tiveram o aprendizado de trabalhar em grupo, cada um respeitando suas diferenças e dificuldades. Precisaram da colaboração de professores, colegas, amigos e até pessoas não muito próximas para que sua atividade fosse concluída. Sendo Cálculo uma matéria com maior índice de reprovação nas Faculdades de Engenharias, onde alunos acabam desistindo do curso por reprovação, um trabalho como o Summaê traz a tranquilidade de tentar resolver algo difícil de maneira descontraída e sem pressão”, avalia a professora.

Desafio final
O desafio final foi uma paródia do trailer de “La Casa de Papel”. As personagens teriam que desativar uma bomba colocada em um banco e, para tanto, criaram uma função de segundo grau. A função, quando resolvida, daria os números de assaltantes que faziam parte do bando e esses números, juntos, seriam o código para desativar a bomba.

CRÉDITOS DAS IMAGENS: Thayan Lisboa/Assessoria FASA

Deixe uma resposta