Seja Bem vindo!
28/02/2024
trilegal-21/09/22
WEINERT - 05/01/2024
A RADIOCIDADE
Giana - 08/06/24
NORTHON MOTTA-02/07/20
GAÚCHO - 27/06/24 TESTE
Tecnologia

Ministro de Portos e Aeroportos diz que passagens aéreas a R$ 200 seria insano

Ministro de Portos e Aeroportos diz que passagens aéreas a R$ 200 seria insano
19/03/2024 às 17:03

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, disse que “seria insano” o governo federal idealizar um programa com passagens aéreas a R$ 200, como previsto anteriormente pelo programa Voa Brasil, anunciado em 2023 por Márcio França, titular da pasta de Portos e Aeroportos à época. A declaração de Costa Filho foi feita em entrevista ao “Roda Viva”, nesta segunda-feira (18).

“Você sabe que tem um baiano nosso, Nizan Guanaes, que diz: ‘O importante não é só o que se diz, é o que as pessoas entendem’. E naquele momento, da forma que foi passada em setores da imprensa e setores da sociedade brasileira, por conta das redes sociais, o povo brasileiro achou que a passagem seria R$ 200. Seria insano a gente desenhar um programa dessa natureza“, afirmou o ministro.

Segundo Costa Filho, a elaboração do programa que oferece passagens aéreas a preços acessíveis passou por mudanças e ele pode ser lançado até o final deste mês, a depender da agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Contudo, o ministro não informou qual será o preço dos bilhetes.

O benefício deve atender, em um primeiro momento, 21 milhões de aposentados com renda de até dois salários-mínimos e 700.000 alunos do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior, o Prouni. Está prevista a emissão de cinco milhões de passagens, sem uso de dinheiro público, de acordo com Costa Filho.

“Nós conversamos com o presidente Lula, com o ministro Rui Costa e desenhamos o novo programa Voa Brasil. A gente espera lançar esse programa até o final do mês de março. Já foi autorizado pelo presidente Lula.”

Beneficiários poderão comprar passagens ao longo do ano, diz ministro

Conforme o ministro explicou ao ser questionado durante a entrevista, os beneficiários do Voa Brasil poderão adquirir as passagens ao longo de todo o ano. Costa Filho ressaltou, no entanto, que poderá haver menor oferta dos bilhetes durante os meses de alta temporada.

“Naturalmente, no período de alta estação, sempre terá menos voos disponíveis. Esse é um programa para estimular no Brasil a baixa temporada, sobretudo o turismo regional. A gente está procurando, ao lado do ministro Celso Sabino [do Turismo] e outros ministros, estimular o turismo no Brasil”, acrescentou Costa Filho.

NORTHON MOTTA-02/07/20
28/02/2024
WEINERT - 05/01/2024
TRILEGAL - 08/07/24
A RADIOCIDADE
DENGUE - 03/06/24