Seja Bem vindo!
trilegal-21/09/22
WEINERT - 05/01/2024
28/02/2024
NORTHON MOTTA-02/07/20
A RADIOCIDADE
Giana - 08/06/24
Cultura

Jovem reencontra a mãe e os irmãos após resgate em enchente na Capital

Jovem reencontra a mãe e os irmãos após resgate em enchente na Capital
Foto-Fabiano Amaral
13/05/2024 às 10:05

Neste Dia das Mães, um encontro especial emocionou voluntários e abrigados de um dos 162 abrigos temporários da Capital. Isaías Brito de Lima, de 21 anos, estava há 9 dias sem notícias da família após ter sido resgatado da enchente que tomou a casa onde ele morava, no bairro Humaitá, em Porto Alegre. Isaías, a mãe, o padrasto e os irmãos de 5, 6 e 12 anos pediram socorro no telhado de casa até serem encontrados pelos bombeiros militares. No resgate, porém, eles foram separados. Isaías foi encaminhado para o abrigo temporário na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), na zona sul da Capital, e o restante da família foi levado para um abrigo no CTG Chaleira Preta, em Gravataí.

O jovem chegou no abrigo da AABB no final de semana do dia 4. Desde aquele momento, ficou sem comunicação com a família. Foi então que ele pediu ajuda para a delegada da Polícia Civil, Alice Fernandes, que estava realizando uma visita no abrigo. Segundo Fernandes, a Polícia Civil tem realizado rondas em todos os abrigos para averiguar a situação dos abrigados e tem atendido casos como esse. De acordo com o site da Defesa Civil, já foram 13 reencontros proporcionados pela Polícia Civil até o momento.

“Fiquei agarrada em uma enxada, chorando e pedindo para Deus que não me levasse porque eu tenho meus filhos, tenho filhos pequenos ainda. Tenho o Isaías que mora comigo e meu esposo que depende de mim. Fiquei a noite toda de sábado para domingo na água segurando uma enxada, mas isso me ajudou”, contou Ângela Catarina, 50 anos, sobre os momentos antes do resgate.

O marido de Ângela tem um problema de saúde que afeta as pernas e depende de muletas, o que agravou a preocupação durante o resgate.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O reencontro entre Isaías e a mãe, neste Dia das Mães, foi possível graças a uma pesquisa feita pelos agentes do setor de inteligência do Departamento Estadual de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV), da Polícia Civil, com base nas listas enviadas pelos abrigos. Assim, o sistema da Polícia Civil constatou que um jovem de 21 anos estava em um abrigo na cidade de Porto Alegre, enquanto o restante da família estavam abrigados na cidade de Gravataí.

A família perdeu todos os pertences na enchente. O estabelecimento comercial da mãe e do padrasto, situado no mesmo bairro, também foi completamente alagado. Agora, Ângela Catarina e toda a família vão deixar o abrigo temporário. Eles serão acolhidos na casa do genro, Paulo Antônio Vargas dos Santos, que é representante comercial de calçados e reside no bairro Belém Velho.

Santos relatou que fez uma campanha de arrecadação de roupas para a família de Ângela, com a ajuda de diversos familiares. Segundo o representante comercial, ele mesmo tratou de comprar um colchão e arrecadou doações de roupa de cama e peças de roupas para abrigar as crianças e o casal na casa dele.
“Eu sou forte, tenho que cuidar dos meus filhos. Sempre consegui me levantar e vou conseguir de novo”, relatou Ângela Catarina, que já trabalhou vendendo bala nas ruas para sustentar os filhos e havia construído sua casa e o bar com esforço nos últimos 6 anos.

O abrigo da AABB foi aberto no dia 4 de maio e atualmente tem 91 abrigados, sendo 37 mulheres e 17 crianças, a maioria resgatados do bairro Humaitá. O abrigo temporário foi criado pelo clube privado e possui apoio de voluntários da associação, funcionários e pessoas da comunidade.

No momento, o abrigo está distribuindo excedentes de doações, portanto não há falta de donativos. A AABB também recebe voluntários ou não voluntários da área da saúde, incluindo enfermeiros e psicólogos. “Existe uma equipe de saúde completa de voluntários, médicos, pediatras, psiquiatra, dentista, fisioterapeuta, assistente social, psicóloga, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionista”, afirmou uma das coordenadoras do abrigo.

 

A RADIOCIDADE
NORTHON MOTTA-02/07/20
28/02/2024
WEINERT - 05/01/2024
TRILEGAL - 17/06/24
DENGUE - 03/06/24