Seja Bem vindo!
NORTHON MOTTA-02/07/20
Giana - 08/06/24
WEINERT - 05/01/2024
A RADIOCIDADE
28/02/2024
trilegal-21/09/22
Geral

Aumenta para 155 o número de mortes provocadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul

Aumenta para 155 o número de mortes provocadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul
18/05/2024 às 14:05

Aumentou para 155 o número de mortes provocadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, de acordo com balanço divulgado neste sábado (18) pela Defesa Civil Estadual.

Pelo menos 94 pessoas estão desaparecidas e 806 ficaram feridas. Mais de 540 mil encontram-se desalojadas ou desabrigadas.

No total, 461 municípios do Estado registraram danos em razão dos temporais. Conforme o boletim da Defesa Civil, mais de 2,3 milhões de pessoas foram afetadas pelas cheias que assolam o RS.

Alertas

Para aumentar o nível de prevenção, as pessoas podem se cadastrar para receberem os alertas meteorológicos da Defesa Civil estadual. Para isso, é necessário enviar o CEP da localidade por SMS para o número 40199. Em seguida, uma confirmação é enviada, tornando o número disponível para receber as informações sempre que elas forem divulgadas.

Também é possível se cadastrar via aplicativo WhatsApp. Para ter acesso ao serviço, é necessário se registrar pelo telefone (61) 2034-4611. Em seguida, é preciso interagir com o robô de atendimento enviando um simples “Oi”. Após a primeira interação, o usuário pode compartilhar sua localização atual ou qualquer outra do seu interesse para, dessa forma, receber as mensagens que serão encaminhadas pela Defesa Civil estadual.

Barragens

Dados parciais, divulgados neste sábado, apontam a redução de duas para somente uma estrutura em Nível de Emergência. A Barragem Santa Lúcia, em Putinga, passou para o Nível de Atenção, após terem sido adotadas as medidas de segurança.

Conforme comunicado da Aneel, foram realizadas, na sexta-feira (17), Inspeções de Segurança Especiais (ISE) nas barragens Divisa e Blang das Usinas Hidrelétricas Bugres, em Canela. Os resultados permitiram a alteração do Nível de Atenção para a situação de normalidade dessas barragens.

Em relação à Barragem Assentamento PE Tupi, em Taquari, a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), responsável pela estrutura da barragem, realizou nova atualização e considerou a alteração para o Nível de Atenção.

Barragens monitoradas pela Aneel
Nível de Emergência – Risco de ruptura iminente, exigindo providências para preservar vidas:

UHE Bugres – Barragem Salto, São Francisco de Paula

Nível de Alerta – Quando as anomalias representam risco à segurança da barragem, exigindo providências para manutenção das condições de segurança:

UHE 14 de Julho, em Cotiporã e Bento Gonçalves
UHE Dona Francisca, em Nova Palma
PCH Salto Forqueta, em São José do Herval/Putinga

Nível de Atenção – Quando as anomalias não comprometem a segurança da barragem no curto prazo, mas exigem monitoramento, controle ou reparo no decurso do tempo:

UHE Canastra, em Canela
PCH Furnas do Segredo, em Jaguari
BARRAGENS MONITORADAS PELA SEMA

Nível de Emergência:

Não há registro

Nível de Alerta:

Barragem Capané, em Cachoeira do Sul
Barragem São Miguel, em Bento Gonçalves
Barragem Saturnino de Brito, em São Martinho da Serra

Nível de Atenção:

Barragem Assentamento PE Jânio Guedes da Silveira, Barragem B2, em São Jerônimo
Barragem do Saibro, em Viamão
Barragem Filhos de Sepé, em Viamão
Barragem do Assentamento PE Belo Monte, em Eldorado do Sul
Barragem Assentamento PE Tupi, Barragem A, em Taquari
Barragem Santa Lúcia, em Putinga

A RADIOCIDADE
NORTHON MOTTA-02/07/20
DENGUE - 03/06/24
28/02/2024
WEINERT - 05/01/2024
TRILEGAL - 10/06/24