Seja Bem vindo!
Educação

Intercambista de Direito/URI na Universidade de Coimbra diz que na bagagem trouxe um grande diferencial para sua vida

4 de julho de 2019
Curta e Compatilhe

Bruno Bender, estudante do 7º semestre de Direito na URI Santo Ângelo, acaba de retornar de uma experiência que marca profundamente todos que a vivenciam: o intercâmbio acadêmico internacional.

Selecionado em edital do Programa Santander Universidades, do qual a URI Santo Ângelo é parceira, Bruno já ingressou no curso decidido, conforme seu depoimento: “Poucos meses antes de entrar na faculdade de Direito, tomei conhecimento sobre uma intercambista da URI Santo Ângelo que estava estudando na Universidade de Coimbra, em Portugal. Desde que li a notícia, fiz daquilo uma meta: conquistar uma bolsa de estudos para conhecer um novo país e estudar em uma das mais reconhecidas instituições de ensino do mundo”.

O universitário observa que, apesar das inúmeras maravilhas que teve o prazer de conhecer, os primeiros dias foram de tristeza, longe da família, amigos e namorado, sem contar a falta do conforto que somente a casa da gente pode oferecer.

“Para começar, chegar num país que você não conhece nada sobre os hábitos e costumes, que são totalmente diferentes, parece ser um pouco desafiador. Tive de lidar com sistemas diferentes dos que estou acostumado no dia a dia, desde o ato mais simples, como a compra de um ticket de metrô (ainda bem que um senhor muito generoso me ajudou), até os mais complexos, como encontrar um quarto para morar. Embora toda a dificuldade encontrada, os momentos foram recompensadores. Conheci estudantes do mundo inteiro e, por meio da interação com eles, pude conhecer um pouco mais dos seus hábitos e costumes”.

“Durante os quatro meses que residi em Portugal, estudando numa das universidades mais conceituadas do mundo, a Universidade de Coimbra, também viajei para quatro países diferentes: Alemanha, França, Espanha e Reino Unido, conhecendo a peculiaridade e cultura de cada um. Pude ainda aprimorar meu inglês, expandir a visão de mundo, que era limitada ao Brasil, fazer algumas amizades, além de explorar a cultura local e conhecer lugares maravilhosos, cada um com a suas particularidades”.

Bruno afirma ter plena consciência de que no retorno ao Brasil, “tenho comigo uma bagagem muito rica de conhecimentos e aprendizados, bagagem que, sem sombra de dúvida, num futuro não muito distante, fará toda a diferença no meu currículo profissional.

Ao banco Santander deixo meu agradecimento pela bolsa ofertada, assim como à URI Santo Ângelo e a todos os professores que de alguma forma estiveram envolvidos e me ajudaram a chegar aqui”.

Deixe uma resposta