Seja Bem vindo!
Tecnologia

Município busca financiadores culturais para reforma do teatro

26 de fevereiro de 2019
Curta e Compatilhe

” Projeto orçado em R$ 3 milhões será encaminhado para aprovação da Lei de Incentivo à Cultura do Estado. Governo Municipal conclama patrocinadores para o investimento”.

O prefeito Jacques Barbosa e a secretária municipal de Cultura, Neusa Cavalheiro, vão lançar nesta sexta-feira, 1º de março, às 9 horas, no Centro Municipal de Cultura, a campanha de captação de recursos para a reforma do Teatro Antônio Sepp, apresentando o projeto cultural por meio da Lei de Incentivo à Cultura (LIC/RS), para empresas oneradas com o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), objetivando que os contribuintes patrocinem o investimento. Em contrapartida, patrocinadores terão suas marcas perpetuadas no novo e moderno espaço cultural de Santo Ângelo.

A secretária Neusa Cavalheiro, explica que as empresas que se tornarem patrocinadoras da reforma do teatro poderão captar recursos próprios e abater até 20% do ICMS em benefício do projeto. “O dinheiro permanece na cidade, então o empresário vê onde está sendo investido, além de ter sua marca em evidência com a colocação de placas no interior do teatro, divulgando as empresas que fizeram parte da obra. Essa iniciativa ainda fomenta a economia local, tendo em vista que, mais espetáculos acontecerão no espaço cultural, atraindo novos turistas e consumidores”, comentou Neusa.

Na campanha desta sexta, 1º, o produtor Cultural Francisco Roloff, da Impacto Desenvolvimento Cultural, empresa responsável pelos trâmites legais na LIC e pela captação dos recursos do projeto, vai explicar como destinar parte do ICMS para a reforma, e as vantagens que os patrocinadores podem adquirir com a participação.

Financiado por meio da Lei de Incentivo a Cultura (LIC/RS), via ICMS, o projeto criativo e inovador está orçado em R$ 3 milhões e tem prazo de execução de dois anos.

O projeto da reforma do Teatro Antônio Sepp já foi apresentado para as entidades locais, pela Secretaria Municipal de Cultura em janeiro. Já em fevereiro, foram assinadas as plantas e a carta de anuência do Governo Municipal para a tramitação da proposta no Pró-Cultura. No mesmo dia, a comunidade cultural conheceu o projeto técnico que foi feito pela Casa A Arquitetura.

  •  
    6
    Shares
  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta