Seja Bem vindo!
Tecnologia

Município e SEBRAE firmam parceria para levar educação empreendedora a escolas

12 de junho de 2019
Curta e Compatilhe

Quatro escolas da rede municipal participarão do programa que despertará a atitude empreendedora dos estudantes

O Governo Municipal de Santo Ângelo e o SEBRAE firmaram convênio de cooperação para implementar projeto de educação empreendedora em escolas da rede municipal. O projeto foi apresentado na manhã desta quarta-feira, 12, no Gabinete do prefeito Jacques Barbosa.

A apresentação do projeto foi realizada pelo gestor de políticas públicas do SEBRAE, Claudiomiro Reis, ao prefeito Jacques Barbosa e o secretário municipal de Educação, Valdemir Roepke, o Nanaco.

A reunião contou ainda com as presenças de Helenice Reis, coordenadora do Programa Inova Santo Ângelo estimulador da Zona de Inovação Criativa e Sustentável de Santo Ângelo (Zissan), Demétrius Bigaran, diretor da Faculdade CNEC, Carlos Oberdan Rolim, gestor da URInova e Diana Konzen, da Secretaria Municipal de Planejamento.

O projeto não tem custo para o município e trabalhará a atitude empreendedora dos estudantes através de um ciclo de aprendizagem vivencial. “Os alunos aprenderão no fazer e não a fazer. É uma mudança comportamental”, frisa Claudiomiro.

O prefeito Jacques Barbosa enfatiza a importância da iniciativa. “Empreender é cidadania. A educação pode trabalhar forte em assuntos como empreendedorismo, sustentabilidade e até questões tributárias para alunos que estão finalizando o ensino fundamental”.

O secretário Nanaco afirma que a ação do SEBRAE se somará ao trabalho que já vem sendo realizado pela Secretaria na inclusão da pauta empreendedora na rede municipal.

Claudiomiro salientou que o programa foi estruturado para trabalhar com alunos do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental, com base na maturidade escolar.

O programa inicia com a capacitação de diretores e professores feita por um consultor do SEBRAE. São três dias de capacitação e preparação. “O sucesso da iniciativa se dá pelo entusiasmo do professor. O SEBRAE capacita os professores e estes aos alunos”, define.

O SEBRAE ainda fornece apostilas para os professores e alunos. Os professores capacitados também recebem acompanhamento de consultores especializados.

A carga horário do trabalho com os alunos é de 22 horas a 30 horas, com encontros semanais de duas horas e meia. O trabalho consiste ainda que os alunos desenvolvam iniciativas empreendedoras e as apresentem numa feira.
Ficou definido que na próxima terça-feira, 18, às 9 horas, em reunião na Secretaria Municipal de Educação serão apresentadas as quatro escolas que irão integrar a iniciativa e a coordenação do projeto por parte do município. O desenvolvimento se dará no segundo semestre deste ano.

Fotos: Fernando Gomes
Texto: Hogue Dorneles

Deixe uma resposta