Seja Bem vindo!
Geral

Município faz investida em Brasília na busca por recursos

22 de fevereiro de 2019
Curta e Compatilhe

Articulação política do Executivo e vereadores na Capital Federal captou mais de R$ 10 milhões nos dois anos de gestão para áreas essenciais

A abertura do Ano legislativo no Congresso Nacional, no mês de fevereiro, é considerada o período ideal para que os municípios que pretendem captar recursos junto ao Governo Federal mobilizem suas lideranças políticas para apresentação de projetos e solicitações de verbas de emendas parlamentares.

A estratégia do prefeito Jacques Barbosa tem dado certo. Conforme números anunciados pela Secretaria de Planejamento, a articulação política do Governo Municipal e do Legislativo santo-angelense com bancadas de todos os partidos identificados com Santo Ângelo rendeu R$ 10.376.868,62 nos dois primeiros anos da atual gestão, destinados para setores prioritários como saúde, educação, segurança pública, infraestrutura urbana e aquisição de máquinas e equipamentos.

Com o propósito de garantir recursos para Santo Ângelo no Orçamento Geral da União, os santo-angelenses mantiveram contatos com vários parlamentares gaúchos e com o senador Lasier Martins. “Fomos ouvidos e nossos pleitos tiveram a reciprocidade das lideranças políticas gaúchas em Brasília que entendem a importância e a necessidade do aporte federal de recursos para os municípios”, afirmou o prefeito Jacques Barbosa. Santo Ângelo é um dos municípios gaúchos que está entre os mais bem ranqueados pela FAMURS na elaboração de projetos e captação de recursos na esfera federal.

Senador Lasier Martins

Nesta semana, o prefeito Jacques, o deputado estadual Eduardo Loureiro, o vice-prefeito Bruno Hesse, os vereadores da base do Governo Municipal, Felippe Terra Grass (PDT), Pedro Waszkiewicz (PSD), Vinicius Makvitz (MDB) e Valter Mildner (Rede), e o secretário do Meio Ambiente Francisco da Silva Medeiros, estiveram em Brasília para agilizar projetos que tramitam nos ministérios, manter contatos com deputados e senadores para a captação de recursos de emendas parlamentares e convidar as lideranças políticas nacionais para a 19ª FENAMILHO Internacional que será realizada de 27 de abril a 5 de maio deste ano, no Parque de Exposições Siegfried Ritter, em Santo Ângelo.

Pautas importantes para o desenvolvimento regional também foram apresentadas pelo prefeito Jacques e pelo deputado Eduardo Loureiro.

UPA

O Governo Municipal inaugurou e quer ampliar os serviços prestados e estender para as 24 horas do dia o atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Com este objetivo, a comitiva, com a participação do ministro da Cidadania, Osmar Terra, esteve reunida com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, solicitando o seu apoio para agilizar a tramitação do projeto. O fortalecimento do Hospital Santo Ângelo também esteve na pauta da reunião que também contou com a presença do deputado estadual Eduardo Loureiro.

Comitiva com Ministro Osmar Terra

PRAÇAS

Reunidos com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, as lideranças políticas solicitaram o suporte político na liberação de R$ 1,6 milhão para a revitalização da Praça Leônidas Ribas, a Praça do Brique, o ponto de encontro mais tradicional dos santo-angelenses. Também foi apresentado ao ministro, os projetos para a revitalização da Praça Dario Beltrão, nas proximidades da Polícia Federal, e dos canteiros centrais da Avenida Brasil.

MOBILIDADE

No Ministério do Desenvolvimento Regional, as autoridades locais trataram do Programa “Avançar Cidades”, que tem um projeto de Santo Ângelo pré-aprovado, restando, porém, a assinatura do contrato entre Município e União para investimentos em qualificação viária e planos de mobilidade urbana. De acordo com o prefeito, a intenção da audiência foi de pressionar o ministério para a aprovação definitiva do projeto para que Santo Ângelo dê início a obras de grande repercussão no sistema viário da cidade.

SANEAMENTO RURAL

Em audiência no Ministério da Justiça e Segurança Pública, o prefeito Jacques Barbosa, o secretário do Meio Ambiente, Francisco da Silva Medeiros, e representantes do Ministério Público do Rio Grande do Sul, parceiro de Santo Ângelo no Programa Ressanear, apresentaram o Plano Básico de Saneamento Rural e um projeto para captar R$ 1,6 milhões e investir na proteção de poços artesianos e em novos reservatórios no interior do município. Jacques afirmou que a comitiva saiu otimista da audiência e que há boas chances de Santo Ângelo ser contemplado com os valores.

TURISMO

Para tratar de investimentos orçados em mais de R$ 600 mil para a construção do Pórtico Santo Ângelo Custódio e à modernização da sinalização turística local e regional, ciceroneados pelo ministro Osmar Terra, as lideranças políticas estiveram em audiência com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. No encontro, a comitiva também reivindicou estudos pelo Ministério do Turismo para o fortalecimento do turismo religioso nas Missões e a inserção da região e da Capital das Missões no portfólio de divulgação setor em nível nacional.

Ministério do Turísmo

O ministro confirmou o apoio da pasta para o desenvolvimento do turismo como vetor econômico do município. “Em uma terra que respira cultura e história, a base para se criar destinos turísticos de excelência está pronta. Mas é preciso mais. Temos que pensar o setor de forma estratégica. E vejo que Santo Ângelo está no caminho certo, porque envolve a comunidade no desafio de promover um produto turístico de qualidade”, avaliou.

FENAMILHO

O vice-prefeito e presidente da 19ª FENAMILHO Internacional, Bruno Hesse, também entregou o convite oficial do evento ao ministro que falou sobre seu interesse em participar do evento e aproveitar para conhecer os atrativos locais. De 27 de abril a 5 de maio, a feira transforma Santo Ângelo em um centro estadual de negócios, cultura e turismo. Durante nove dias, a cidade recebe, em número de visitantes, mais que o dobro dos seus 78 mil habitantes e movimenta cerca de R$ 100 milhões em vendas.

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta