Seja Bem vindo!
Polícia

Polícia Civil deflagra Operação Lockdown e prende 207 pessoas. Ação também foi realizada em Santo Ângelo e na região das missões

19 de junho de 2020
Curta e Compatilhe

No decorrer desta semana, a Polícia Civil deflagrou a Operação Lockdown, com o objetivo de cumprir mandados de prisão em aberto de indivíduos que pediram o Auxílio Emergencial de 600 reais do Governo Federal. Durante as ações, que foram realizadas em 184 municípios do estado e contaram com a participação de todos os Departamentos da Polícia Civil, 207 pessoas foram presas. Os dados foram disponibilizados pela Controladoria-Geral da União.

A Chefe de Polícia, Delegada Nadine Anflor explica que “a operação não visa apurar a questão da regularidade ou não do recebimento do auxílio, mas busca devolver ao sistema penitenciário indivíduos que estavam foragidos”. Destaca, ainda, que as ações foram planejadas a partir de informações repassadas pela Controladoria-Geral da União – CGU, propiciando a análise dos dados pelo Gabinete de inteligência da Polícia Civil e a consequente operacionalização das ações. E contaram com o apoio do Laboratório de Inteligência Cibernética do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, na análise de dados.

Em breve, será celebrado um acordo de cooperação técnica entre a Polícia Civil e a CGU, que tratará de troca de bases de dados entre as duas instituições, capacitação e investigações de combate a corrupção de forma conjunta.

Os indivíduos presos respondiam por crimes como tráfico de drogas, roubo, furto, estupro, homicídio, extorsão, corrupção de menores, entre outros.

Aproximadamente 250 policiais civis participaram das ações, ocorreram em cidades de todas as regiões policias do estado, entre eles Porto Alegre, Viamão, Sapucaia do Sul, Sapiranga, Triunfo, Canela, Santa Maria, Uruguaiana, Cruz Alta, Passo Fundo, Rio Grande, Caxias do Sul, Bagé, Três de Maio, Erechim, Cacequi, Santo Ângelo, Panambi, Nova Prata, Santa Cruz do Sul, Butiá, Pelotas, Lajeado, Cachoeira do Sul, São Borja, Tenente Portela, Osorio, Espumoso, Vacaria, Catuípe, São Paulo das Missões, Sarandi, Tapes.

Além das 207 prisões efetivadas nessa semana em que a Operação esteve em andamento, descobriu-se – até o momento – que mais de 80 indivíduos já estão presos e constam como solicitantes do benefício.

Michel Fontana

Deixe uma resposta