Seja Bem vindo!
Geral

Prevenção a Alagamentos inicia limpeza no Rio Itaquarinchim

2 de junho de 2020
Curta e Compatilhe

Ação tem a finalidade de restabelecer o equilíbrio ambiental em áreas consideradas críticas e proteger a saúde e os bens do cidadão

Em mais uma ação inserida no Plano de Prevenção a Alagamentos instituído pelo Governo Municipal, a Secretaria do Meio Ambiente (SEMMA), com o apoio da Defesa Civil de Santo Ângelo, deu início no sábado, 30 de maio, à limpeza e ao desassoreamento do Rio Itaquarinchim em áreas consideradas suscetíveis a inundações.

De acordo com informações do titular da SEMMA, secretário Francisco da Silva Medeiros, as ações foram autorizadas pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente (CONSEMA) para três trechos avaliados com críticos, com 1.900 metros de extensão, compreendendo as áreas da Rua Tiradentes até a Avenida Venâncio Aires; da Avenida Salgado Filho até a Rua Tiradentes; e da Avenida Venâncio Aires até a Rua da Cascata.

Medeiros declarou que o objetivo do desassoreamento do leito do rio e limpeza das margens, com a remoção de entulhos, é restabelecer o equilíbrio ambiental, mitigando processos erosivos, evitar possíveis desmoronamentos e conter inundações, considerando que estamos próximos ao período do inverno, estação em que as chuvas são registradas em maior volume. O secretário argumentou ainda, que a contenção de inundações nas áreas consideradas de risco também evita a proliferação de doenças e protege o patrimônio do cidadão. “São estas as metas do Plano de Prevenção a Alagamentos defendidas pelo prefeito Jacques Barbosa: proteger a saúde, a vida e os bens do cidadão. Estamos investindo pesado para garantir segurança”, afirmou.

As ações estão sendo realizadas com recursos orçamentários e com maquinário próprio do município.

O prefeito Jacques Barbosa, o secretário do Meio Ambiente, e o vereador Felippe Terra Grass, lideranças comunitárias e técnicos da SEMMA, estiveram no sábado pela manhã, acompanhando o início do serviço de dragagem do rio, no trecho entre a Rua Tiradentes e a Avenida Venâncio Aires.

O PLANO

Os investimentos da gestão no Plano de Prevenção a Alagamentos rompem a barreira dos R$ 2 milhões. Até o momento, já foram construídos mais de cinco quilômetros de rede de drenagem pluvial em diferentes áreas do município, apontadas com suscetíveis a alagamentos e inundações.

Medeiros lembrou que está em andamento as obras de construção e instalação da rede pluvial na Rua 25 de Julho, uma das maiores obras do Plano de Prevenção em extensão e em investimentos. Estão sendo instalados mais de 1.100 tubos de um metro de diâmetro no trecho entre a Rua Marechal Floriano o Rio Itaquarinchim, representando um investimento de mais de R$ 800 mil, com recursos do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada.

Texto: Tarso Weber – Fotos: Divulgação – SEMMA/Defesa Civil

Deixe uma resposta