Seja Bem vindo!
Tecnologia

Santo Ângelo integra o Programa Cidade Empreendedora

13 de julho de 2020
Curta e Compatilhe

Ações terão início imediato e integram o projeto do Governo Municipal para a recuperação econômica no período pós-pandemia

A vocação empreendedora do Governo Municipal tem mais um reforço para fomentar e manter em Santo Ângelo um ambiente favorável para o desenvolvimento dos negócios locais, integrando o plano da gestão para a recuperação econômica pós-pandemia.

No final da tarde de sexta-feira, 10, o prefeito Jacques Barbosa, assinou convênio com o SEBRAE/RS para a instalação do Programa Cidade Empreendedora, que prevê a implantação de políticas públicas para o apoio e fortalecimento do empreendedorismo em Santo Ângelo, centrada em eixos como Liderança, Desburocratização, Compras Governamentais e Educação Empreendedora.

Santo Ângelo é o 14º município gaúcho a aderir ao programa.

“Estamos engajados para a retomada econômica pós-pandemia. Queremos estimular a participação das empresas locais nos editais do município, trabalhar a atitude empreendedora e desburocratizar. Com este programa, vamos entregar à classe produtora, resultados satisfatórios, aliado ao investimento que o Governo de Santo Ângelo nesta parceria”, assinalou o prefeito, conclamando as entidades de classe para o comprometimento e envolvimento no programa.

Para o presidente da Agência de Desenvolvimento de Santo Ângelo, o empresário Rodrigo Zucco, presente no ato de assinatura do convênio, os anseios das entidades de classe encontraram eco no Governo Municipal. “É uma gestão alinhada com a iniciativa privada, para fazer acontecer”, reconheceu.

PARTICIPAÇÃO ONLINE

Participaram da formalização do convênio de forma online, o diretor Superintendente do SEBRAE/RS, André Vanoni de Godoy; o diretor Administrativo-Financeiro Marco Paradeda; o diretor Técnico Airton Pinto Ramos; e a gerente de Políticas Públicas do SEBRAE/RS, Janaína Zago. De forma presencial, no gabinete do Executivo, estiveram Armando Pettineli Neto, gerente regional do SEBRAE Noroeste; o gestor de Políticas Públicas, Claudiomiro Reis; o secretário municipal de Indústria e Comércio, João Baptista Santos da Silva; a secretária de Educação, Eliane Carpes; o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Hed Vilson Pires; o presidente da CDL, José Nilton de Oliveira Ribeiro; a secretária-executiva do Sindilojas, Viviane Fucks dos Santos; e Helenice Reis, coordenadora do Programa Inova Santo Ângelo e designada pelo prefeito para acompanhar a execução do Programa Cidade Empreendedora no município.

PROGRAMA

O Programa Cidade Empreendedora será executado ao longo de dois anos no município, com a participação efetiva da ACISA, CDL, do Sindilojas e da Agência de Desenvolvimento.

O prefeito avaliou os eixos do convênio e destacou que o Governo Municipal já desenvolve com o SEBRAE a Educação Empreendedora, por meio do programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), nas escolas da rede pública, desde o ano passado, envolvendo e preparando a comunidade escolar para o empreendedorismo e que terá continuidade na retomada do ano letivo. Segundo Jacques, professores estão sendo capacitados para a segunda fase do programa, com a ampliação do número de escolas participantes. “Estamos preparando nossas crianças para o protagonismo na área do empreendedorismo”, avaliou.

Para o chefe do Executivo, a desburocratização é um item fundamental para o desenvolvimento do município. “O governo tem de ser um facilitador da vida dos empresários. Menos papel, mais ação”, declarou. O prefeito destacou que a emissão do alvará online é uma prioridade da gestão.

Sobre o estímulo às empresas locais para que participem dos editais de compra do município, o prefeito Jacques disse que o programa terá a missão de aproximar e facilitar a venda do comércio local à prefeitura. “O dinheiro tem que ficar aqui. O Governo Municipal é a soma de cada uma das empresas de Santo Ângelo. Se as empresas estão bem, o município está bem. Estamos posicionados ao lado de quem quer empreender”, concluiu.

Na mesma linha, o diretor Administrativo-Financeiro do SEBRAE/RS, Marco Paradeda, afirmou que a venda do comércio local à prefeitura, permitirá que a riqueza circule no âmbito do município.
Airton Ramos, diretor Técnico do SEBRAE/RS, disse que o convênio é um alento para as pequenas empresas que estão enfrentando um momento difícil em razão da pandemia.

O programa Cidade Empreendedora terá início imediato.


Texto: Tarso Weber
Fotos: Fernando Gomes

Deixe uma resposta