Seja Bem vindo!
Fotos & Fatos

Seriam eles os pré por uma cadeira do executivo em 2020?

24 de dezembro de 2019
Curta e Compatilhe

Mesmo sem bola de cristal já se constata a movimentação em teermos de eleições municipais para o próximo ano.

Não restam dúvidas que mesmo com algumas barrigadas ocorridas neste final de ano no legislativo, alguns devem pular de galho e retornar ao velho ninho.

Já para o executivo os pré-candidatos a uma cadeira do executivo não passarão deste nomes, a não ser que ocorra uma grande surpresa de última hora.

A maior disputa interna deve ocorrer no Partido Progressista (PP), quando três ou quatro pretendentes a disputa eleitoral vão buscar o apoio dos companheiros e vencer dentro do próprio partido.

Não se foge a regra que o ex-prefeito Valdir Andres (ou seu filho Zizo), deverão disputar a vaga de prefeito com o vereador Márcio Antunes e com o advogado Luiz Clóvis Machado.

Já pelos lados do MDB Vinicius Makvitz, já recebeu apoio de uma ala do partido para concorrer ao cargo, mas no passar dos dias deverá surgir também o nome do ex-prefeito José Lima Gonçalves.

Enquanto isso o ex-PSL Nívio Braz, deverá ser o candidato do Aliança pelo Brasil, e já destacou que não abre mão a outras siglas. Quem pretende se agrupar deve aceitar as regras do jogo, destaca ele.

Uma tranquilidade maior paira no seio do Partido Democrático Trabalhista(PDT), que tem neste momento o pré-candidato (atual prefeito), Jacques Barbosa. Aliás, diga-se de passagem deve ter como seu vice Bruno Hesse.

Desta forma não necessariamente uma bola de cristal para visualizar quem é quem neste jogo político para 2020.

Tudo pode acontecer. Inclusive nada.

Nada mais que isso. Apenas isso.

FELIZ  NATAL

Jairo Ferreira

Deixe uma resposta