Seja Bem vindo!
Evento

UPA 24 Horas completa dois anos com mais de 72 mil atendimentos

25 de setembro de 2020
Curta e Compatilhe

Unidade de Pronto Atendimento foi inaugurada em 25 de setembro de 2018, atendendo a população santo-angelense 24 horas

Depois de permanecer o período de 2013/2016 com as instalações prontas e de portas fechadas para a população, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santo Ângelo, instalada no Bairro Pippi, entrou em funcionamento no dia 25 de setembro de 2018, inicialmente abrindo 14 horas diariamente, aguardando a qualificação do Ministério da Saúde para ampliar seu horário de atendimento.

A partir de março deste ano, a UPA passou a atender em tempo integral, funcionando 24 horas por dia, desafogando o plantão do Hospital Santo Ângelo no setor de urgência e emergência, e pediatria.

Por iniciativa da Prefeitura de Santo Ângelo, o funcionamento da UPA 24 Horas foi antecipado, devido à situação de emergência na área da saúde pública provocada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

ATENDIMENTO

Em dois anos de funcionamento, a UPA atendeu 72.026 pessoas, média de três mil atendimentos mensais.

A UPA conta com a estrutura de um mini-hospital, disponibilizando a população atendimentos de urgência e emergência, com serviços de consultas médicas com clínico geral e pediatra, procedimentos de enfermagem, raio-X, farmácia para medicação exclusiva de seus pacientes e coleta de material de laboratório, além de 12 leitos de observação e 24 poltronas para medicação.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Andréia Bernardi, a UPA é uma referência no atendimento à saúde, com atendimento diário de mais de 100 pessoas. “Se a UPA continuasse fechada, todo este público seria atendido no Hospital Santo Ângelo que teria dificuldades em atender toda a demanda. Nos mais de quatro anos que a UPA permaneceu fechada, foram mais de 150 mil atendimentos que deixaram de ser feitos no plantão do hospital”, disse.

CUSTOS

A UPA foi entregue pelo Estado ao município em 27 de dezembro de 2012. Na administração seguinte (2013-2016), a UPA permaneceu fechada. A unidade funciona com recursos do Município, Estado e União. O valor arcado pelo município é de R$ 180,8 mil mensais, com repasses de R$ 75 mil do Estado e R$ 75 mil da União.

Segundo a coordenadora de Enfermagem da UPA, Eduarda Motta Perim, a UPA tem a despesa mensal em torno de R$ 330 mil, o que inclui R$ 157,8 mil da folha pessoal, R$ 81 mil com médicos e R$ 92 mil com as despesas fixas (luz, água, serviço de segurança, oxigênio, alimentação, lavanderia e exames complementares).

CENTRO COVID-19

Em julho deste ano, foi inaugurado o Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19, em área construída de 135 metros quadrados na parte externa da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Bairro Pippi.

A iniciativa da Prefeitura de Santo Ângelo tem a participação das secretarias municipais da Saúde e do Meio Ambiente. O Centro prioriza o enfrentamento à Covid-19 no município com um atendimento diferenciado, seguindo os protocolos da saúde pública que vem sendo utilizado nas grandes cidades do país e do mundo.

Segundo o coordenador do Centro Covid-19, enfermeiro Fábio Escobar, desde a inauguração do local até esta semana foram realizados 2.177 atendimentos, média de 27 atendimentos ao dia.

Fotos: Fernando Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *