Seja Bem vindo!
Saúde

UTI Neonatal comemora 10 anos em evento no Brique da Praça

28 de maio de 2019
Curta e Compatilhe

Famílias e crianças participaram da promoção realizada no domingo

Os 10 anos da UTI Neonatal foram comemorados durante atividade realizada no domingo, 26, no Brique da Praça. Na oportunidade foi lembrada a trajetória da unidade que atendeu 2.144 bebês e entrou em funcionamento no dia 1º de maio durante a gestão dos provedores Luiz Vilmar Denardin e Ataídes Reis Brum.

Familiares e crianças atendidas pela UTI Neonatal participaram da atividade especial que contou com distribuição de doces e guloseimas, erva mate, bolas personalizadas para as crianças, brinquedos do Sesc com apoio da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte. Também teve músicas infantis e animação com palhaço Leleco, interpretado pelo técnico de Segurança do Trabalho, Marcelo Padilha, do Projeto Dr. Palhaço. O público que compareceu na praça pode conferir a exposição de incubadora e tecnologias leves da unidade.

O provedor do HSA, Odorico Bessa Almeida, ressaltou o importante trabalho desenvolvido pela UTI Neonatal de salvar vidas. “É gratificante o reconhecimento das pessoas em relação ao Hospital Santo Ângelo pelos serviços prestados à nossa comunidade regional. Emociona ver a alegria dos pais presentes nesta atividade.”

O médico responsável técnico pela UTI Neonatal, Guilherme Dutra Pinheiro, por sua vez, destacou o carinho recebido das famílias e das crianças durante a comemoração. “Em nosso dia a dia no hospital compartilhamos diferentes momentos com as famílias dos bebês prematuros atendidos na unidade. Acabamos criando um forte vínculo com essas pessoas, formando verdadeiramente uma grande família.”

MARIA VITHÓRIA

Quem também esteve na Praça do Brique comemorando foi a pequena Maria Vithória. A família veio de São Borja participara das comemorações. O pai, Alex Sandro Lencina Soares, lembra da difícil situação da Vithoria que nasceu de 6,5 meses com apenas 468 gramas de peso e 30 cm de comprimento. “Foi uma grande vitória estar com essa pequena guerreira e nada mais justo do que prestigiar essa celebração dos 10 anos da UTI Neonatal.”

A mãe, Lidiane Rodrigues Pereira, recordou os problemas que teve na gestação e a fragilidade da Maria Vithoria. “Era a terceira tentativa e já estava pensando em adotar uma criança. Nas outras duas gestações perdi os bebês. Nesta gravidez tive a pré-eclâmpsia. Felizmente tivemos atendimento no tempo adequado e a Vithória venceu essa luta pela vida.”

Deixe uma resposta