Seja Bem vindo!
Fotos & Fatos

Vereador (a) não quer aumento, mas se aprovado devolverá?

27 de janeiro de 2020
Curta e Compatilhe

O assunto no retorno das atividades de 2020 no legislativo deverá ter como tema central, o aumento dos vereadores para 2021, nova legislatura.

Na volta das férias os atuais edis terão a obrigatoriedade de votar o aumento ou diminuição do valor dos seus salários. Semana anterior, me despertou atenção que determinada pessoa integrante do legislativo destacava que é contra o aumento.

Sim, mas se ela se reeleger para assumir em 2021 com um salário de R$ 8.000.00, devolveria valores e ficaria tão somente com o atual salário?

Eis a questão…

Agora o bom mesmo é ver quem dos atuais vereadores se habilita a apresentar a redução dos atuais salários para 2021, e solicitar apenas um salário minímo em seus vencimentos.

E mais uma, sem direito a diárias a partir do ano que vem. Será que teríamos alguém interessado em colocar seu nome a disposição para o pleito de outubro deste ano?

Assim caminha a humanidade..

Como teremos a escolha dos novos edis em outubro, é bom já ir analisando os pré-candidatos, até por que teremos um bom tempo ainda para saber quem é quem.

A escolha deve recair sobre aqueles que mostraram serviço a sociedade, e não apenas aos que se deram o luxo de pedir troca de lâmpadas, poda de árvores ou fotinhos meramente ilustrativas, pois de concreto absolutamente nada.

Tudo pode acontecer, inclusive nada.

Nada mais que isso. Apenas isso.

Jairo Ferreira

Deixe uma resposta